• institutoleaoxiii@gmail.com

Arquivo por autor

II Simpósio de Fé & Cultura

O segundo Simpósio de Fé & Cultura terá como tema “Defende nos in praelio: o combate católico num mundo de erros”. Suas palestras serão de ordem prática, voltadas à ação dos católicos em defesa da fé em meio a uma realidade cada vez mais afastada de Deus. Nesse sentido, visa-se refletir sobre nosso papel de leigos na evangelização em nossa sociedade. Os temas das palestras abrangerão a devoção ao Sagrado Coração, a visão de São Tomás sobre o combate aos erros, a família como célula fundamental da sociedade, entre outros.

Os ingressos já estão à venda! Clique aqui para adquirir o primeiro lote com 30% de desconto (85 reais com coffee break incluso, podendo parcelar o valor no cartão).

Briefing do evento

·         Tema: defende nos in praelio: o combate católico num mundo de erros;

·         Local: Asplan – Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba;

·         Data: dias 14 e 15 de setembro de 2019;

·         Horário: das 13h às 19h;

Programação

14 de setembro de 2019, sábado

Horário

Atividade

12:30 às 13:00

Credenciamento

13:00 às 13:15

Apresentação do evento e do Instituto

13:15 às 14:25

Palestra de Sidney Silveira – São Tomás de Aquino e o combate às heresias

14:25 às 14:40

Intervalo

14:40 às 15:50

Palestra de Yago Queiroz – O Idealismo Filosófico e a crise das Ciências Naturais

15:50 às 16:20

Coffee break

16:20 às 17:30

Palestra de Aluísio Dantas – Família: célula da sociedade, alvo do globalismo

17:30 às 17:45

Intervalo

17:45 às 18:55

Palestra da deputada federal Chris Tonietto – A perda da noção de justiça e o ativismo judicial

 

15 de setembro de 2019, domingo

 

Horário

Atividade

12:30 às 13:00

Concentração e acomodação

13:00 às 14:10

Palestra de José Carlos Sepúlveda – A importância da devoção ao Sagrado Coração de Jesus na luta contrarrevolucionária

14:10 às 14:25

Intervalo

14:25 às 15:35

Palestra de Glaucio Vinicius – A técnica como ameaça: os umbrais de um mundo pós humano

15:35 às 16:05

Coffee break

16:05 às 17:00

Mesa redonda

17:00 às 17:15

Intervalo

17:15 às 18:55

Palestra de S.A.I.R Dom Bertrand de Orleans e Bragança – O reinado social de Nosso Senhor Jesus Cristo

Joana Lourenço de Carvalho

Gula é pecado mortal? São Tomás responde

Suma Teológica – Secunda Secundae – questão 148 – Da gula

Art. 2 – Se a gula é pecado mortal.

O segundo discute–se assim. – Parece que a gula não é pecado mortal.

1. – Pois, todo pecado mortal contraria a algum preceito do Decálogo; o que não se dá com a gula. Logo, não é a gula pecado mortal.
2. Demais. – Todo pecado mortal contraria à caridade, como do sobredito resulta. Ora, a gula não se opõe à caridade, nem quanto ao amor de Deus, nem quanto ao do próximo. Logo, nunca é a gula pecado mortal.
3. Demais. – Agostinho diz: Sempre que comemos ou bebemos mais que o necessário, saibamos que cometemos pequenos pecados. Ora, a gula é um desses pequenos pecados. Logo, está computada entre pecados veniais.
Mas, em contrário, diz Gregório: Se nos deixamos dominar do vício tia gula. perdemos tudo o que varonilmente fizemos; e se não mortificarmos o ventre, destruiremos simultaneamente todas as virtudes. Ora, a virtude não a perdemos senão pelo pecado mortal. Logo é a gula um pecado mortal.

SOLUÇÃO. – Como dissemos, o vício da gula propriamente consiste na concupiscência desordenada. Ora, a ordem da razão, que rege a concupiscência, pode ser subvertida de dois modos. De um modo, quando os meios não são ajustados de maneira a serem proporcionados ao fim; de outro, quando a concupiscência desvia o homem do fim devido. Se, pois, a desordem da concupiscência causada pela gula for considerada enquanto nos desvia do fim último, então a gula será pecado mortal. O que se dá quando o homem se entrega aos prazeres da gula como ao fim, pelo qual despreza a Deus, disposto a agir contra os seus preceitos, para se dar a esses deleites. Se porém, pelo vício da gula entendermos a desordem da concupiscência, que somente corrompe os meios, fazendo–nos desejar demasiado os prazeres da mesa, sem que isso nos leve a agir contra a lei de Deus, então a gula será pecado venial.

DONDE A RESPOSTA À PRIMEIRA OBJEÇÃO. – O vício da gula constitui pecado mortal quando nos desvia do último fim. E, assim sendo, opõe-se por uma certa redução, ao preceito da santificação do sábado, que preceitua o repouso no fim último. Pois, nem todos os pecados mortais contrariam diretamente os preceitos do Decálogo, senão só aqueles que implicam uma injustiça ; porque os preceitos do Decálogo respeitam especialmente à justiça e às suas partes, como se estabeleceu.
RESPOSTA À SEGUNDA. – Enquanto nos desvia do fim último, a gula contraria ao amor de Deus, que, como fim último, deve ser amado sobre todas as causas. E só então a gula é pecado mortal.
RESPOSTA À TERCEIRA. – As palavras citadas de Agostinho entendem–se da gula, quando ela implica uma desordem da concupiscência somente em relação aos meios.
RESPOSTA À QUARTA. – Diz–se que a gula destrói as virtudes, não tanto por si mesma como pelos vícios a que dá lugar. Assim, diz Gregório: Quando o ventre está excitado pela gula, a luxúria destrói as virtudes da alma.

Joana Lourenço de Carvalho

Informações – Simpósio O Ocidente Dessacralizado

O primeiro Simpósio de Fé & Cultura, com participação de Dom Bertrand, Carlos Nougué e outros, terá como tema “O ocidente dessacralizado”. Nesse viés, pretende-se discutir, nos dois dias de evento (09 e 10 de junho de 2018), diversos aspectos da decadência espiritual do Ocidente. Esse processo reverbera no cotidiano dos católicos paraibanos, especialmente através da expulsão de Deus da cultura e dos espaços públicos, como a universidade, as artes liberais, a política, dentre outros. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos clicando aqui.

Serviço do evento

Local: a divulgar;
Data: dias 28 e 29 de julho de 2018;
Horário: das 14h às 19h;
Ingresso:
Antecipado: R$ 30,00 (compra no site institutoleaoxiii.org)
No local: R$ 40,00 (pagamento somente em dinheiro)

Programação

Sábado, dia 28 de julho
14:00 – 14:30 – Apresentação
14:30 – 16:00 – José Carlos Sepúlveda – Revolução anti-cristã: minando e destruindo há séculos a Civilização e cultura católicas
16:00 – 17:00 – Mesa redonda – Quem não conhece Deus, desconhece o homem: as marcas culturais da crise antropológica
17:00 – 17:30 – Intervalo
17:30 – 19:00 – Prof. Carlos Nougué – A decadência das artes e sua restauração

Domingo, dia 29 de julho
14:00 – 15:30 – Dr. Cláudio Pedrosa – O bem comum jurídico-político na doutrina de São Tomás de Aquino
15:30 – 16:30 – Mesa redonda – O clamor das pedras: o papel do leigo católico na política
16:30 – 17:00 – Intervalo
17:00 – 18:30 – Dom Bertrand – O Estado laico
18:30 – 19:00 – Considerações finais

Joana Lourenço de Carvalho

Epístolas de São Paulo no curso de Catecismo

O curso de Catecismo do Instituto Leão XIII visa estudar como, através da história, o Magistério ensinou a doutrina para os cristãos. Assim, ao mesmo tempo, reflete-se sobre essa mesma doutrina, de modo que possamos, através do conhecimento, ser-lhe mais fiéis.

Atualmente, nosso objeto de estudo são as Epístolas de São Paulo presentes nas Sagradas Escrituras. Temos o cuidado de não cair no erro da livre interpretação da Bíblia, de modo que as aulas sempre são baseadas em comentários de fontes fidedignas: São Tomás de Aquino, São João Crisóstomo, dentre outros escritos que correspondam às necessidade de cada aula.

Esse curso acontece sempre aos sábados pela manhã, e é gratuito como todos os nossos cursos presenciais. As aulas do Instituto aos sábados começam às 8h, com a oração do Santo Terço. A programação específica de cada semana é divulgada em nossas redes sociais; por isso, para se manter atualizado, siga-nos no Facebook e no Instagram!

Joana Lourenço de Carvalho